Uma questão de atitude

Não sou uma pessoa muito dirigida à escrita de Moda e Tendências. Já tentei criar mil e quinhentos blogs, mas quero sempre falar de tanta coisa que acabo por desistir do que começo a fazer. O mesmo por vezes se passa com o meu guarda-roupa. E acredito então que nesta situação não serei a única. Quantas vezes, por mês, por semana e quiçá por dia nos deparamos com aquele dilema de não termos nada para vestir, ou nada que nos faça sentir bem na nossa pele? Oh lala…

Laura L. Tomaz
Trata-se de uma questão de atitude. (Legitimado pelo clássico nome de “Bad Hair Day”)

Claro que sim, que somos massacrados actualmente com toda uma visão positiva que devemos ter quase adquirida desde nascença para combater este mundo tenebroso, e além de sermos ferozes, devemos ser saudáveis, belas, sorridentes e estar com um look perfeito – e claro que sim, nem tudo nos corre bem ou como planeado, inclusivamente com as nossas escolhas de roupa e acessórios. Porém não é uma missão totalmente impossível!! Com o passar dos anos, a favor das demais, que não fazem parte do grande mundo da moda, com o apoio de algumas ferramentas editoriais fomos ganhando uma resistência e uma criatividade na forma como gerimos o nosso dia-a-dia através de um guarda-roupa. Tornou-se mais fácil, porque podemos seguir Tendências – mas saberemos na realidade o que fazer com elas? Quando nos é sugerida uma Tendência não temos de a acatar como uma obrigatoriedade, muito menos usar e abusar da mesma criando borrões de moda ao invés de uma espetacularidade sugerida pela mesma. Devemos beber toda aquela sabedoria e aquele refresh sugerido, e adaptar à nossa personalidade. Uma Tendência só se torna perfeita e gera uma moda ou um visual de bem-estar se o fizermos com o nosso coração. Pelo que: devemos estar muito atentas aos padrões floreados, geométricos, tons Nude e Denim – tudo muito comedido, racionado e cheio de atitude! Por isso vamos lá desmistificar a Moda e trazê-la para o nosso dia-a-dia! Tudo com muita atitude, claro.

Texto de Laura L. Tomaz | Leitora do Magazine de Tendências

Este texto é de exclusiva responsabilidade do seu autor.

 

Deixe um comentário