Sala de sonho | carta aberta

 

E chegou o momento de revelar o projeto que a Ana Rita Soares escolheu trabalhar no mês de Novembro. Mais uma vez, muitas foram as candidaturas recebidas e por isso foi  difícil selecionar uma “carta”.

A Célia da Silva contactou-nos porque precisa de uma ajuda nesta nova fase da sua vida.
“(…) estou a viver e reconstruir a minha vida. (…) Pela primeira vez tenho uma casa, e com muito sacrifício a comprei. Agora é tempo de realizar os Meus desejos… Sempre desejei um sofá cor-de rosa, numa sala com lareira. Agora tenho uma salinha com lareira, e fui ver o sofá cor-de-rosa para comprar… e fiquei cheia de dúvidas. Sinto-me uma adolescente, não sei o que decidir. Compro rosa forte ou rosa bebé, será que este desejo faz mesmo sentido? Tenho receio que depois não seja acolhedor, que se revele um disparate. (…)”

foto-vencedora-1
foto-vencedora-3
foto-vencedora-2
planta

 

 

E com muito carinho e profissionalismo, a Ana Rita Soares respondeu assim…

Cara Célia,

Ao ler a sua carta entendi perfeitamente aquilo que pretende, mais que estilos ou cores, anseia por aquilo que todos buscamos na nossa casa- o conforto de um lar! A sala da nossa casa é um espaço sagrado, é onde tudo acontece! É onde temos os nossos momentos em família, vemos televisão, lemos um bom livro, ouvimos a nossa música preferida ao final de um dia de trabalho, jantamos com os amigos, ou fazemos a ceia de Natal… E sempre sonhámos ter uma sala confortável, linda, elegante, onde pudéssemos fazer tudo isso, mas em grande estilo!… Acima de tudo uma sala à nossa imagem, à nossa medida… Espero que com este projecto atinja esse objectivo.

Mas por onde começar? Como dispor os móveis? Que cores usar? O passo de arranque para a decoração da sala não é, ao contrário do que possamos por vezes pensar, a escolha das cortinas, das almofadas, ou dos tapetes. Isso são elementos da decoração que só entram no processo mais adiante. Em primeiro lugar devemos olhar para o espaço da sala “vazio”, e definir zonas para cada área específica. No caso da sua sala, que não é muito grande (cerca de 17m2), cada centímetro “vale ouro” e por isso todas as opções têm de ser bem analisadas e ponderadas. As peças têm de ser dimensionadas ao espaço disponível. Mas é possível ainda assim criar duas zonas funcionais nesta sala: zona de estar e zona de refeições.

Sala1

Optei por colocar a zona de refeições no recanto junto à lareira, pois é a zona de menor área da sala, e não daria para criar uma boa zona de estar nesse espaço. Ficando assim a área de estar e ver tv junto à janela.  Por ser um recanto pequeno, optei por uma mesa redonda, que ocupa menos espaço que uma rectangular ou quadrada. Na parede ao lado da lareira coloquei uma estante suspensa, ideal para objectos pessoais e algumas peças decorativas. O facto de ser suspensa aligeira o espaço, pois é uma peça leve e pouco robusta. Para demarcar a zona de refeições, sugeria a aplicação de um papel de parede, também em tons neutros e padrão geométrico com alguma profundidade, para lhe atribuir o estilo romântico e glamouroso que pretende encontrar na sua sala. As cores escolhidas são em geral claras, pois num espaço pequeno são a melhor opção. E vamos depois “salpicá-la” de apontamentos de cor.

Sala 2

Referiu na carta que sonhava em ter um sofá cor-de-rosa, então vamos a isso! O cor-de-rosa é uma mistura de branco com  vermelho, e estes tons rosados proporcionam calor, afecto e podem ser relaxantes. Os tons de rosa mais quentes têm efeito positivo, pois tornam as pessoas mais activas e desejosas de progresso. É uma cor associada também à beleza, saúde, sensualidade e romantismo. Vai resultar na sua sala! Assim, na zona de estar, tem um sofá cor-de-rosa suave, tapete, cortinas e cadeirão em tons neutros (para criar um ambiente predominantemente claro e suave). Nas almofadas decorativas encontrará mais um apontamento de cor e requinte, misturando um rosa mais forte com um padrão geométrico em preto e branco. Esta conjugação de cores dá lhe um toque de glamour e elegância.

Sala3

Outro truque para os espaços pequenos é a colocação de espelhos. Estes não só reflectem aquilo que se passa à sua volta, como aumentam visualmente um espaço, emprestando-lhe ainda um toque de sofisticação e beleza. Aumentam o espaço e decoram uma parede sem precisar de mais nada. Escolhi um espelho lindo (para colocar na parede do sofá) que é também uma peça decorativa, e deixará o ambiente mais elegante e sofisticado. Junto ao sofá tem ainda um candeeiro de pé para criar uma atmosfera agradável à noite, quando vê tv ou lê um livro. Um banquinho de apoio faz as vezes de mesa, para pousar o livro ou os comando de tv, ocupando pouco espaço. Para móvel de tv e mesa de centro, seleccionei peças simples e de linha modernas, brancas, mais uma vez para que sejam peças “leves” e que não escureçam o espaço.

Sala4

O importante a reter quando se decoram espaços pequenos é que tudo tem de estar pensado e optimizado, o mobiliário tem de ser dimensionado ao espaço disponível, funcional e não haver lugar a peças supérfluas. Carta-aberta-H

O resultado final é uma sala harmoniosa e muito confortável, com tudo o que necessita para ser um espaço funcional – com zona de estar e zona de refeições, e com uma atmosfera romântica e glamourosa. Espero que aqui encontre o seu “ninho”, o seu espaço sagrado!

Ana Rita Soares

projeto-nov-8
projeto-nov-16
projeto-nov-5
projeto-nov-7
projeto-nov-1
projeto-nov-2
projeto-nov-3
projeto-nov-4
projeto-nov-6
projeto-nov-14
projeto-nov-10
projeto-nov-11
projeto-nov-13
projeto-nov-17
projeto-nov-12
projeto-nov-18
projeto-nov-15
projeto-nov-9

VER TODA A COLEÇÃO TÊXTIL LAR

VEJA AQUI COMO SE CANDIDATAR TAMBÉM!

 

6 de comentários

  1. Maria idalina Augusta - 12 Dezembro, 2015

    Eu não tendo possibilidades para colocar uma mobília de quarto, num divisão k está vazia gostaria de saber se posso com notar com a v ajuda pork tb,não sei o k fazer,fico à espera k m ajudem,,,já k o vosso trabalho é maravilhoso, só assim poderei ter a casa de k sonhei obrigado e boas festas

  2. La Redoute - 29 Dezembro, 2015

    Olá Maria,

    Muito obrigada pela sua mensagem!

    Para participar no Passatempo CARTA ABERTA da Decoradora Ana Rita Soares deverá enviar a sua candidatura até ao dia 10 de cada mês com o seu pedido, enviando um e-mail para magazinedetendencias@redoute.pt

    Veja aqui como participar: http://www.laredoute.pt/magazinedetendencias/index.php/precisa-de-uma-ajuda-a-ana-rita-soares-responde/

    Boa sorte ;)

    Beijinho,
    A equipa La Redoute

  3. Ana Madeira - 3 Fevereiro, 2016

    Olá!

    Que linda ficou a sala da Célia. A minha sala é muito idêntica à da Célia, embora um nadinha maior e com um problema de ter 2 portas quase uma em frente à outra (a de entrada na sala e outra para o acesso aos quartos).
    Mas a minha questão é esta: por acaso também me ocorreu uma altura colocar papel de parede para demarcar a zona de jantar, a questão é que, tal como na sala da Célia, o papel só vai até um certo ponto da parede não terminando num recanto. O que gostava de saber é se, uma vez que nas imagens não consigo perceber bem isso, devo colocar algum friso a fazer o limite do papel de parede ou não coloco nada?
    Ah e claro parabéns a todos! À La Redoute por ter tido esta iniciativa e à Ana Rita Soares por este infindável bom gosto.
    Beijinhos
    Ana Madeira

    • La Redoute - 3 Fevereiro, 2016

      Boa tarde Ana Madeira,
      Muito obrigada pelo seu comentário.
      Contactámos a Ana Rita Soares e aguardamos a resposta dela à sua questão.
      Fique atenta, entretanto daremos notícias.
      Obrigada pelo carinho :)

      A equipa La Redoute

  4. La Redoute - 11 Fevereiro, 2016

    Olá Ana Madeira,

    A Ana Rita Soares esteve a analisar o seu comentário e já tem uma resposta para si :)
    Assim, a decoradora sugere que a Ana coloque um friso no final do papel, a fazer a transição com a parede.

    Muito obrigada pelo seu interesse!
    Um beijinho,

    A equipa La Redoute

Deixe um comentário