Odeio “sapatos à vela”!

Desde pequenina que me lembro de ter em casa um catálogo enorme da La Redoute em cima da mesa da cozinha. Sempre que ele chegava, ficava muito contente porque significava que a minha mãe e eu íamos às compras. Sentávamo-nos as duas a folhear o catálogo e eu ia fazendo bolinhas à volta das coisas que gostava com a mesma caneta com que se escrevia a lista das compras. Gostava de ver as crianças todas contentes, as fotografias mas, acima de tudo, gostava de sentir que estava a escolher aquilo que ia usar (se depois vinha aquilo que eu escolhia, essa já é outra conversa que vou ter de ter com a minha mãe).

Lembro-me que havia roupa de todos os géneros. Só podia, porque agradavam tanto a mim como à minha mãe! Só para terem uma noção, eu era tão maria-rapaz que a minha mãe me proibiu de usar os meus ténis-bota da Nike, sem ser nos dias de educação física. Nos outros dias, lá tinha eu de ir com os meus “sapatos à vela” (era assim que lhes chamava, o que querem?) da Cenoura. E o que eu odiava “os sapatos à vela” ou aqueles sapatos que parecem ter uma saia dos índios por baixo dos atacadores e que agora vim a saber que se chamam “carneiras”. Não combinavam nada bem com o meu boné da Nike e que, por baixo, tinha o meu cabelo todo suado de andar a jogar à bola com os rapazes ou de correr para não ser levada “ao poste” (brincadeira demasiado estúpida que deverá ter provocado sérios problemas nos meninos que eram levados ao poste, problemas esses, precisamente, nos seus “postes”).

Vinha a roupa e eu nunca sabia quando. Era como se fosse Natal, mas sem ser. Ficava tão contente que nem reparava (porque também já não me lembrava) se eram as roupas que eu tinha escolhido ou não e lá ia eu fazer passagens de modelos e perguntar às pessoas lá de casa “quanto dão de 0 a 10”. Tantas emoções boas: escolher, receber, experimentar e estrear. 

Agora, adulta e mãe, comparo o prazer de mandar vir roupa da La Redoute online com o de usar as minhas máquinas fotográficas analógicas. É uma maneira mais carinhosa, que cria mais expectativa e ansiedade e, portanto, mais prazer, quando se tem o “produto final” na mão.

Aqui vai uma seleção de sapatos desta estação que indiquei com bolinhas:

324505050_0_PR_1_324505050-4b9435f6-7933-413b-b8f8-628ec323bad2
324505370_0_PR_1_324505370-6435835d-30ac-459c-ada8-f0b08569bf5c
324509620_2_CO_1_324509620-f0533716-555f-4efd-884e-679d27a76f40
324505139_0_PR_1_324505139-f65b9d06-b577-418c-94f9-888feb89262b

 

Não podia faltar um modelo da Nike! Lindos, não é? ;)

Joana Gama & Joana Paixão Brás
header

Deixe um comentário