Looks de bebé

 

Sem Título2

A roupa de bebé e as cores 

Quando se pensa em roupa de bebé, há duas cores que nos vêm imediatamente ao pensamento: o rosa e o azul.

É nestes dois tons que os enxovais são, normalmente feitos e preparados. Assim, quando nascem, e consoante o sexo, é mais do que certo que grande parte do roupeiro dos bebés será, invariavelmente, dessa cor – pelo menos nos primeiros dias/semanas de vida.

Pessoalmente, acabei por não ser exceção. Quando soube que ia ser mãe de uma menina, e não obstante tentar resistir ao rosa, acabei por juntar várias pecinhas para o enxoval em que os apontamentos em rosa dominavam.

Atualmente, com uma bebé de 4 meses, a vestir já alguma roupa de 6, tenho tentado arriscar noutras cores – como o cinza, o azul marinho, o verde petróleo, o lilás ou o bege.

No entanto, sempre que saio com a bebé vestida em tons que fogem ao rosa, acontece muitas vezes acharem, no primeiro segundo, que se trata de um menino e não de uma menina.

Já se a vestir de rosa, ou lhe colocar um laçarote na cabeça, não há qualquer risco. Associam a cor ao sexo, e não há forma de ser confundida com um menino.

Foi, assim, que percebi o porquê de encherem os recém-nascidos de azul e rosa – são uma espécie de “cores instituídas para os bebés”, que não dão margem para dúvidas ou equívocos.

Não obstante a minha conclusão, continuo a gostar de vestir a minha filhota de outros tons que vão muito para além do rosa. Até porque, tendo ela uma tez bem clarinha, fica lindamente com tons mais fortes, como o azul marinho, por exemplo.

No entanto, confesso que nem sempre é fácil encontrar alternativas ao rosa, bonitas e igualmente mimosas.

Neste campo, as propostas da La Redoute são sempre aliciantes e estão dentro das escolhas para a minha bebé.

Se, tal como eu, procura alternativas a estes dois tons para vestir o seu ou os seus filhotes, deixo-vos com as minhas cores preferidas do momento…

Para menino

  • Cinzento – é um tom que diz com tudo e que é uma ótima alternativa ao azul para os dias mais fresquinhos do ano. Este sobretudo, em cinza, é um bom exemplo de uma peça versátil, num tom que não é o tradicional azul.

324494529_0_CL_3_324515888-6addf895-7665-4ee9-b738-80a829ad1823

  • Verde – uma cor que está na moda, para adultos, mas que resulta lindamente em bebés. Pessoalmente, adorei esta camisola, pelo padrão e pela conjugação de tons. Linda e super original!

324508672_0_CL_3_324519561-1b816f1f-40a8-4b0b-a070-be8dc8a1226a

  •  Camel – é também um tom muito fácil de conjugar e dá imenso estilo aos coordenados de bebé. Esta camisola é um bom exemplo disso mesmo.

324519594_0_PR_1_324519594-56ea60ed-64e2-419e-b511-cb35c7f5595b

Para menina

  • Azul – apesar de ser uma cor mais associada a meninos, acho que resulta lindamente em peças mais femininas, como vestidos ou saias.
    Este modelo da R Baby é um bom exemplo disso mesmo.

324481955_0_CL_3_324518279-b0866b0d-177f-4140-9e75-77e1864d64d6

  • Cinzento – apesar de ser uma cor normalmente atribuída a looks mais adultos, fica muito bem em peças para bebés, femininas e com pinta, como este casaco, com padrão animal.

    324513689_0_PR_1_324513689-6a40ce7d-7366-43e0-9d1d-171c541c2a87

  • Bege – O bege é um tom neutro, que fica bem com tudo. E resulta muito bem em conjuntos infantis. Este casaco, por exemplo, é uma delícia e dá para vários kits de bebé menina.

324487158_0_CL_2_324487158-a30dcffb-2d65-4211-b9f6-6ab977bea91c

 

Mónica Lice

monica-lice

Deixe um comentário