De malas e cabeça aviadas

 

Chegou o Verão (como é bom poder finalmente dizer isto!). Todos andamos a trabalhar com a cabeça noutros destinos, na praia, no calor e no lazer. Em Portugal ou noutros países todos queremos quebrar a rotina e dar descanso à cabeça e ao corpo.

A roupa que usamos nesta altura é também uma forma de quebrar a rotina e de dar novas texturas ao nosso corpo e mente.

Eu tenho uma grande dificuldade em fazer malas, primeiro porque não me preparo com antecedência e depois porque na altura, a fazer tudo à pressa acho que vou conseguir vestir todos os vestidos e saias que não usei o ano todo. Mas é melhor fazer malas inteligentes, leves e bem pensadas, com a quantidade de roupa certa e sem exageros. Porque afinal o peso da mala é também uma forma de descontracção. No Verão precisamos de menos roupa e podemos usar as mesmas peças em variadas ocasiões.

Querem ver a minha mala? Vamos a isto:

Para ir para a praia preciso de dois biquinis, um para usar e outro para lavar. Ok, este fato de banho conquistou-me o coração. Possivelmente não faria parte da minha mala, mas adoro!

Nós pés consigo andar de Birkenstocks de dia e de noite. Um para a praia e outro para usar. Pronto, resolvido.

Três ou quatro t-shirts servem para a praia e para a noite com saias ou calças. T-shirts leves e descontraídas são o mote.

324383253-272414
Umas calças básicas (nada se compara com as Levi’s!) servem para todas as ocasiões nocturnas.

Uns calções para a praia.

Para os eventuais ares frios da noite, dois casacos, um super desportivo, mas que gosto de misturar com saias ou vestidos mais clássicos e outro de inspiração militar.

E dois vestidos, bonitos e coloridos!

Para além disto acrescentaria alguns lenços na mala para fazer fitas e turbantes na cabeça, uns acessórios vintage, óculos, um chapéu e uma mochila.

Verão, eu estou pronta! E tu?

silvia

Deixe um comentário