#21 | DIY CAPA PARA ALMOFADA

 

Com a limpeza da primavera, nada melhor do que aproveitar esta altura para renovar a sua casa.
Foi esta a inspiração para este novo post: dar uma “cara” nova àquelas almofadas que nos aconchegam nos dias de sofá  :)

Há uns tempos atrás, mostrei-vos um pequeno trabalho em patchwork. Hoje, iremos trabalhar essa mesma técnica, mas numa escala diferente. Preparados?

» MATERIAIS NECESSÁRIOS [para uma capa de 45*45 cm]:

. 9 retalhos de tecido (16*16 cm)
. Entretela/tecido não tecido (46*46 cm)
. Tecido coordenado com os retalhos (46*52 cm)
. Linha coordenada com os tecidos
. Alfinetes
. Tesoura
. Régua/fita-métrica
. Riscador
. Máquina de costura
. Ferro de engomar
. Alicate e molas de pressão

01

1) Vamos começar por pegar nos retalhos previamente cortados e dispô-los na nossa mesa de trabalho três a três, ou seja, em três linhas com três quadrados cada. Se ainda não tivermos uma ideia da organização dos retalhos, esta é a altura ideal para ensaiar, até chegar à disposição final. Uma vez definido o layout, iremos pegar na primeira linha, para começar a trabalhar.

Sobrepomos o quadrado de um dos lados ao do meio, direito com direito, e unimos com alfinetes. Repetimos o procedimento para o quadrado do outro lado de forma a que, ao abrir os tecidos, fiquemos com uma fila. O mesmo processo é feito para as duas linhas restantes.

02
03
05

2) De seguida, vamos costurar as extremidades que unimos com os alfinetes. Devemos utilizar uma linha que se adeque cromaticamente aos tecidos com que estamos a trabalhar, e o ponto a selecionar será o ponto corrido. Depois de fazermos as costuras nas três peças vamos, com a ajuda do ferro de engomar, abrir as mesmas. O trabalho, neste ponto, deverá estar assim:

 

07

3) Vamos agora repetir o primeiro ponto, mas desta vez com as três peças que terminámos de realizar.

4) Voltamos à máquina de costura e, ainda com ponto corrido, vamos fazer as últimas costuras do trabalho em patchwork. Repetimos a abertura das costuras com o ferro e temos a primeira parte concluída!

5) O nosso trabalho está agora com 46*46 cm. Se for necessário ajustar a dimensão, esta é a altura ideal, antes de avançar. Vamos colocar o avesso do trabalho realizado sobre a entretela e fixar com alfinetes.

08
09

De regresso à máquina, agora com ponto zig-zag, vamos de uma só vez unir o tecido com a entretela e chulear (para evitar que os tecidos desfiem com o uso e lavagens).

6) Vamos colocar o patchwork de lado, por agora, e concentrar-nos no tecido da parte posterior. Começamos por o cortar ao meio, considerando o lado de maior dimensão, de forma a ficarmos com dois rectângulos de 46*26 cm. Mais uma vez vamos chulear os tecidos em todo o redor e, de seguida, vincamos com o ferro uma dobra de aproximadamente 2cm num dos lados maiores de cada peça.

7) Voltamos à máquina de costura, agora com ponto corrido, para coser as bainhas que acabámos de vincar com o ferro.

8) Pegamos novamente no trabalho em patchwork e vamos colocá-lo sobre a mesa de trabalho com o direito voltado para cima. Colocamos uma das peças lisas, vertical ou horizontalmente (conforme prefiram), com o direito sobre a peça de patchwork. Devem apenas ter em atenção que a bainha deve ficar ao meio, pois será a abertura da capa, por onde passará a almofada.

Unimos com alfinetes e repetimos o procedimento para a peça que falta. Irão reparar que as bainhas se vão sobrepor. Esta é a solução ideal para aplicar as molas de pressão ou botões (caso prefiram). Se gostarem mais de fitas para fechar a capa com laçarotes, o procedimento deverá ser outro, sendo que devem colocar as fitas no ponto 6) e, na fase seguinte, fazer a bainha dupla (a ideia é que as bainhas deixem de se sobrepor, ficando apenas encostadas, nesta fase final).

 

11
15

9) Vamos agora costurar, novamente com ponto corrido, em todo o redor da capa. Voltamos o trabalho do direito e assentamos as costuras com o ferro.

10) Com o auxílio de uma régua ou fita métrica vamos marcar a localização das molas e, por fim, proceder à sua aplicação. O aspecto final da minha capa é o que vos mostrarei de seguida. As vossas ficarão, certamente, todas diferentes. Se quiserem partilhar o resultado será um enorme prazer para mim!

16
18

O resultado final foi este:

19
20

Espero que tenham gostado e que este projeto vos sirva de inspiração às vossas criações.

Até breve!

Inês Jerónimo

corte-costura

Deixe um comentário